Saltar para o conteúdo

Don’t Let the Sun Go Down

Junho 1, 2020

Foi condenado a prisão perpétua. Esteve preso durante 37 anos na prisão mais violenta dos EUA chamada “Angola”. Testes de adn provaram a sua inocência. Na prisão via o “America’s got talent” e dizia ‘um dia vou estar naquele palco’ sem saber se seria libertado. Foda-se!

Lotação

Maio 22, 2020

Lembro-me muito bem da primeira vez que fui fazer xixi num avião. Melhor dizendo, fui urinar. Corrijo, fui mijar mesmo. Bem, como não sou propriamente pequeno a minha reacção quando entrei na casa-de-banho, ou melhor, naquele cubículo claustrofóbico que na verdade devia chamar-se retrete porque é mesmo de uma retrete que se trata, foi “estou fodido”. Respirei fundo, talvez desse sentado, mas mijar sentado é um pouco estranho. Mesmo assim fiz a experiência mas percebi que sentado batia com os joelhos na porta e não conseguia pousar os pés no chão. O resultado seria mijar-me todo e a retrete também. Calma, Marco, deve haver uma solução. Então, de pé, inclinei a cabeça para trás e anca para a frente. Até dava, mas assim não conseguia ver onde ia mijar e o mais certo era ficar com o calçado todo sujo. Ainda pensei em chamar a hospedeira e pedir-lhe um penico, mas desconfio que não teria. Da próxima vez venho de fraldas, foi o que pensei. Já não me lembro como resolvi a questão, quer dizer, lembro-me mas não me apetece dizer.

Este intróito (finalmente consegui arranjar maneira de escrever intróito; olha, outra vez) para dizer que podem encher os aviões que não há problema nenhum. Por uma razão muito simples: não há espaço para covídios nos aviões.

Está difícil

Maio 19, 2020

Hoje passei por um tipo com um rádio amarrado com fita-cola à bicicleta e com a música muito alta. Tocava “You’re my heart, you’re my soul” dos Modern Talking. Os efeitos do confinamento agravam-se a cada dia que passa.

Raio-X

Maio 19, 2020

Quer-se dizer, o Super-Homem põe uns óculos e ninguém o conhece. Eu vou na rua de máscara e óculos de sol e ouço “Olá, Marco”, “Tudo bem, Marco?”, “Ei Marco, fica-te bem a máscara”. Pó caralho, deixai-me em paz.

Esplanadas

Maio 19, 2020

Dei uma volta aqui pela freguesia e tenho a dizer o seguinte: talvez seja melhor a DGS estabelecer as medidas de distanciamento das esplanadas em jardas ou em milhas. Em metros não está a resultar. Outra hipótese será escrever as regras em hieróglifos porque tem bonecos e talvez se perceba melhor. Ah e ninguém retirou uma única cadeira ou mesa. Tudo na mesma. Os comerciantes devem ser como o Marcelo, também têm um esquema com os pescadores.

Desconfinando

Maio 19, 2020

© MCS

Próximo!

Maio 19, 2020