Saltar para o conteúdo

“Daisy Miller”

Julho 18, 2011

«Na pequena cidade de Vevey, na Suíça, existe um hotel particularmente confortável. Existem, na verdade, muitos hotéis, pois o acolhimento de turistas é o negócio desse local que, como muitos viajantes recordarão, se situa à beira de um lago incrivelmente azul – um lago que qualquer turista deverá visitar. A margem do lago apresenta uma fila ininterrupta de estabelecimentos deste género, de todas as categorias, desde o “grande hotel” do mais estilo, com a sua fachada branca de cal, uma centena de varandas e uma dúzia de bandeiras flutuando no telhado, até à pequena pensão suíça de tempos mais remotos, com o nome inscrito em caracteres góticos sobre uma parede rosada ou amarela e uma acanhada estufa ao canto do jardim. Um dos hotéis de Vevey, porém, é famoso, senão clássico, distinguindo-se de muitos dos seus vizinhos novos-ricos por uma imagem de luxo e de maturidade. Nesta região, no mês de Junho, os viajantes americanos são muito numerosos; poderá mesmo dizer-se que Vevey assume nessa época algumas das características de uma estância balnear americana. Há aspectos e sons que evocam uma visão, um eco, de Newport e Saratoga. Existe um esvoaçante cruzar de jovenzinhas com estilo da moda, um sussurrar de folhos de musselina, um matraquear de música de dança nas horas da manhã, o som de agudas vozes em todos os momentos. Recebemos uma impressão destas coisas na excelente estalagem Trois Couronnes, e logo a fantasia nos transporta ao Ocean House ou ao Congress Hall. Mas na Trois Couronnes, devemos acrescentá-lo, existem outros aspectos que diferem em larga medida destas sugestões: impecáveis criados alemães que mais parecem secretários de legação; princesas russas sentadas no jardim; rapazinhos polacos a passear, levados pela mão, com os seus preceptores; a vista do nevado cume do Dent du Midi e as torres pitorescas do Castelo de Chillon.»
(…)
Daisy Miller, Henry James (Tradução de Francisco Santos, Ed. QuidNovi)

4 comentários leave one →
  1. Julho 18, 2011 17:56

    quero ler esse livro

    Gostar

Trackbacks

  1. Via del Corso | No Vazio da Onda
  2. Henry James? Nim | No Vazio da Onda

Preencha o vazio:

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: