Saltar para o conteúdo

“Le Soldatesse”, Zurlini

Novembro 10, 2019

Le Soldatesse“, (1965), Real. Valerio Zurlini

Nunca mais te vi. E depois do fim da guerra voltei à Grécia devido a um mau pressentimento. Não te iria reencontrar. Tinhas ido embora sem nunca olhar para trás, mas tive a impressão de rever o teu rosto anos depois nos últimos versos de um poema… como quando te viraste e com a mão livre na frente da nuvem dos cabelos me disseste adeus… para entrar na escuridão.

No comments yet

Preencha o vazio:

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: