Skip to content

Tudo bons rapazes

Outubro 12, 2017

A edição portuguesa da obra de Musil “O Homem Sem Qualidades” tem cerca de duas mil páginas. O processo do Sócrates tem quatro mil. Já não somos um país de poetas, mas de prosadores. Vou pedir ao José Rodrigues dos Santos para fazer um resumo.

São 28 acusados num total de 188 crimes. Ora, isto a dividir por quatro mil páginas dá 22 páginas para cada crime. Nem é muito. No final vai ficar provado que gamaram uns amendoins, nada de mais.

Anúncios
No comments yet

Preencha o vazio:

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: