Skip to content

História de umas gaivotas e do vento que as ensinou a voar

Julho 13, 2017

As crias das gaivotas já estão a aprender a voar. Ontem, ao final do dia, abriam as asas, davam umas abanadelas e ficavam uns centímetros no ar, mas como o vento era forte ficavam instáveis. Pareciam um avião a aterrar no aeroporto do Funchal com rajadas de 200 kms/hora (que foi? as gaivotas não sabem o que são kilómetros, por isso, posso exagerar um pouquinho). Ficavam com medo e fechavam as asas. Mas lá que é um momento bem catita de observar, lá isso é.

Anúncios
No comments yet

Preencha o vazio:

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: