Skip to content

De candeias às avessas

Fevereiro 23, 2017
"Diogenes" (1860), Jean-Léon Gérôme

“Diogenes” (1860), Jean-Léon Gérôme

Diógenes andava com uma candeia acesa durante o dia porque queria encontrar um homem honesto.

Durante o governo pafioso houve alguma indignação porque esta tralha queria privatizar a justiça. Mas olhando para as cadeias portuguesas a justiça já foi privatizada há muito muito tempo. Quem tem dinheiro compra a sua liberdade. Fica livre. Sim, há umas excepções para calar a malta.

Anúncios
No comments yet

Preencha o vazio:

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: