Skip to content

Do rip ao rip

Dezembro 28, 2016

breast-in-peace

Curioso, há uns anos se alguém dissesse “na música anda tudo a ripar”, não seria uma expressão mortífera. Excepto para as editoras discográficas, claro. Mas como esta vida é irónica, as editoras hoje em dia vivem precisamente dos rips. As vendas sobem ao céu. Ele há coisas do caraças.

Advertisements
No comments yet

Preencha o vazio:

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: