Skip to content

É aproveitar, ó freguês!

Setembro 5, 2016

PUMBA

Seria engraçado se os chineses se lembrassem de vender livros. Contrafação de literatura com aquelas traduções malucas, “Os Malaias” de Ezra de Keiroz, “O amor de perdiz” de Castillo Manco, “A fenomenologia do cepo” de Pacos Colho, etc. Há aqui um nicho de mercado a explorar, parece-me.

5 comentários leave one →
  1. Setembro 5, 2016 18:07

    Bem observisto!🙂

    Gostar

  2. Setembro 5, 2016 18:13

    Genianálogo!😀

    Gostar

  3. Setembro 5, 2016 22:21

    Muchos thanks para both of vous.

    Gostar

  4. anónimo permalink
    Setembro 5, 2016 22:33

    venho do velório da minha mãe,fez-me bem ler este post, ri-me e por momentos esqueci

    Gostar

Preencha o vazio:

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: