Skip to content

É o que está dentro de nós

Março 29, 2016

«”Uma tarde cheguei a um ponto onde a estrada fazia garfo, e eu não sabia por que caminho havia de tomar. Estive para aí meia-hora a estudar o caso, e depois tomei pelo da esquerda. Nessa noite mesmo fui dar ao acampamento de um circo do oeste que andava dando espectáculos nas várias terras e segui para oeste com eles. Muitas vezes tenho pensado se não teria dado em qualquer coisa muito diferente se tivesse tomado o outro caminho.”
“Hum, a minha ideia é que davas mais ou menos no mesmo”, disse Bob Tidball com uma filosofia alegre. “Não é os caminhos que a gente toma, é o que está dentro de nós que faz que a gente dê no que vem a dar”.» (p. 38)

Os caminhos que tomamos, O. Henry (Tradução de Fernando Pessoa, Ed. Assírio & Alvim)

Advertisements
No comments yet

Preencha o vazio:

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: