Skip to content

Às vezes a literatura também manda as suas patadas

Março 29, 2016

«”Sr. Bridger”, disse ele, “sou de Kentucky, e tenho visto muito em matéria de homens e bichos. E ainda não vi um homem que gostasse muito de cavalos e de cães que não fosse cruel para as mulheres.”» (p. 30)

A teoria e o cão, O. Henry (Tradução de Fernando Pessoa, Ed. Assírio & Alvim)

Advertisements
No comments yet

Preencha o vazio:

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: