Skip to content

A primeira vez que ele pensa, morre

Março 24, 2016

existencialism

«- Você já leu “Os três mosqueteiros?”
– Não. Eu vi o filme. Porquê?
– Porque nele, Porthos (…) o grande, forte e um pouco bruto, nunca pensou em toda a sua vida, compreende? Então, uma dia, ele tem de pôr uma bomba num subterrâneo para a fazer explodir. Assim o faz. Coloca a bomba, acende-a e sai correndo, naturalmente. Mas, de repente, começa a pensar. Pensa o quê? Interroga-se como pode ele colocar um pé após o outro… você já deve ter pensado sobre isso também…E então pára de correr. Não pode mais, não pode avançar. Tudo explode, o subterrâneo cai sobre ele. Ele segura com os ombros, é forte. Mas depois de um dia, ou dois, ele cede e morre. A primeira vez que ele pensa, morre.»

Excerto de “Vivre sa Vie“, JL Godard

Anúncios
No comments yet

Preencha o vazio:

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: