Skip to content

Par délicatesse j’ai perdu ma vie

Janeiro 29, 2016

burka

Par délicatesse j’ai perdu ma vie, escreveu o poeta. É que tinha de ser logo nos Capitolinos? Que é onde está, por exemplo, um dos símbolos de Roma: dois putos a mamar numa loba. Sim, é ainda o mesmo tema, a cobrição. Há merdas que são difíceis de esquecer. Quero lá saber se foi ou não a pedido da comitiva iraniana, o que é certo é que taparam, cobriram, esconderam, o que seja. Se esta atitude foi por delicad€za, ou não, é-me indiferente. Já agora, por delicad€za, numa próxima visita do Zéduardo do Santos a Lisboa (como Angola também tem muitos n€gócios em terras lusas) também podiam cobrir a Torre de Belém, afinal aquilo simboliza os descobrimentos, ou melhor, simboliza o colonialismo, a ocupação, a opressão, a escravatura, o saque, etc. E para não ofender, esconda-se.

Voltando a Roma. Para entrar nos museus Capitolinos, que ficam numa zona alta, é preciso subir uma escadaria (Cordonata Capitolina) que foi desenhada por Michelangelo Buonarroti (Miguel Ângelo para os amigos; não, não é o de Cascais). Numa vista rápida, a escadaria não é nada do outro mundo, mas quando se sobe percebe-se logo que o escultor sabia o que fazia, porque os degraus têm uma inclinação que facilitam a subida. Se compararmos com os degraus do Metro do Porto, o italiano merecia trinta mil Prémios Pritzker. De cada vez que desço os degraus do metro do Porto pareço uma bailarina em pontas, é que os meus pés (calço 43) não cabem nos filhos das puta dos degraus e tenho de descer que nem os velhinhos. Então em dias de chuva só tenho vontade de atirar com um tijolo de cimento à cara do gajo que desenhou aqueles degraus (não foi o Souto Moura, pois não? Não há umas medidas obrigatórias para este tipo de construções?). Aquilo como é em pedra polida, molhado fica que nem pista de gelo, se formos com o guarda-chuva numa mão e um saco na outra, descer aquelas escadas é puro desporto radical. Anda por aí gente a atirar-se de pontes amarrada a elásticos, quando basta descer as escadas do metro do Porto para arriscar partir o pescoço… nabos. Eia, acho que já me perdi. Onde é que estava? Ah, em Roma. Por falar nisso, vou a Pisa.

E se o iraniano resolver ir a Pisa (já nem falo – falo? – do nome da terra que o tipo não fala português), mas aquela inclinação não pode ser considerada meio esquisito-erótica? Sei lá, já nem digo nada… E a Torre Eiffel não é meio fálica? Tapa-se e pronto. Roma não paga a traidores, mas recebe de cobridores. Isto pode parecer anedótico, mas não é. Quando nos inclinamos muito por respeito, acabámos derrotados.

Concluindo, quando for ao Irão vou exigir que as mulheres estejam todas com as mamas à mostra. Ofende-me ver tudo tapado.

Anúncios
6 comentários leave one →
  1. Janeiro 29, 2016 20:45

    Genial! 😀

    Ficas avisado que vou fanar-te parte disto assim que regresse a casa (roubar tudo seria demasiado deselegante e eu estou como IMC em ordem) 🙂

    Gostar

    • Janeiro 29, 2016 22:55

      Gracias.
      Gama à vontade, top model 😉

      Gostar

  2. anónimo permalink
    Janeiro 29, 2016 21:26

    tá tudo bom ,os degraus deu para rir bem mas a parte final é de mestre – Concluindo, quando for ao Irão vou exigir que as mulheres estejam todas com as mamas à mostra. Ofende-me ver tudo tapado.

    IMC , quer dizer (índice de massa corporal)?

    Gostar

    • Janeiro 29, 2016 22:58

      Aqueles degraus são um atentado terrorista 🙂

      Gostar

  3. Inês permalink
    Fevereiro 3, 2016 02:08

    ainda há lúcidos nesta velha Europa…obrigado!

    Gostar

Preencha o vazio:

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: