Skip to content

O filho do gueto no centro da cena

Agosto 11, 2015

Le Martyr,  Chagall

«Haveria eu agora de lhe descrever, antes o regresso à Pátria, Le Martyr de Chagall? O filho do gueto no centro da cena, envolto no tales de oração branco com riscas pretas. Os braços não pareciam estar amarrados com uma corda, como pensei inicialmente, e nem os pés, mas antes com finas correias de tefilin. No céu de chamas e fumo, projectavam-se o cabrito de cor púrpura e o galo de ouro; junto à fogueira, tinha surgido a mãe ou a noiva, o violinista, o velho com o livro. Seria aquele postal uma ameaça ou um sinal de solidariedade?» (p. 22)

O Regresso do Hooligan, Norman Manea (Trad. Carolina Martins Ferreira, Ed. Asa)

Anúncios
No comments yet

Preencha o vazio:

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: