Saltar para o conteúdo

(colocar aqui o título)

Março 16, 2015

Há pessoas que na sua escrita têm a mania dos parêntesis (acho que sou uma delas), por dá cá aquela palha (pronto, já cá faltavam as expressões populares) arranjam sempre forma de desviar a conversa para assuntos laterais (e que às vezes se tornam centrais (alto, nem sempre é assim (parêntesis dentro de parêntesis?) pode acontecer ou não) como é o caso) obrigando o leitor a voltar constantemente atrás na sua leitura. Começam por falar em alfinetes (e dão umas alfinetadas) e quando se dá por ela já estão nos tremoços (sai uma cerveja para a mesa cinco). E agora ia continuar neste tema (já não vais?), mas pressinto que já tenho uma carrada de parêntesis à espera para entrar neste texto (parecem aquelas filas para tirar senha na Segurança Social, não é?), por isso é melhor ficar por aqui (oh… que pena!).

No comments yet

Preencha o vazio:

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: