Saltar para o conteúdo

Varda

Março 3, 2015

Agnès Varda, Portugal (Póvoa de Varzim), 1956

4 comentários leave one →
  1. Março 3, 2015 21:16

    “LUX, o sabonete das estrelas de cinema”

    Entre outras que podia dizer deixo esta: Vê-se que era dia de festa.

    Se não fosse o ego não escrevia a 1° frase. É só + um, do tolo da “mercearia”

    Gostar

    • Março 3, 2015 22:37

      Essa frase publicitária é um clássico 🙂
      Provavelmente sim, era dia de festa.
      🙂

      Gostar

  2. anónimo permalink
    Março 3, 2015 23:22

    o que me salta à vista, é o tempo, bem soalheiro como já não temos.Noutro dia vi que os anos de 2011 ou 2013 foi dos mais quentes dos 100 anos. Eu só nos anos 80 é que me lembro, de ficarmos na rua até ás 2 da manha porque não se parava em casa com o calor. Não sei onde estes gajos medem a temperatura.

    Gostar

    • Março 4, 2015 00:54

      Soalheiro continuamos a ter, talvez não tão prolongado e mais espaçado. Mas continuamos a ter dias assim. Mais instável, isso sim.

      Gostar

Preencha o vazio:

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: