Saltar para o conteúdo

Empreendedorismo

Dezembro 14, 2013

Decidi ser empreendedor. Então, dirigi-me ao banco mais próximo e apresentei a minha proposta: pretendo comprar 5% da Galp e, para isso, preciso de um empréstimo bancário. Como se compreende, é um empréstimo avultado, mas o meu projecto tem garantia de sucesso. Com esses 5% consigo um cargo de administrador na Galp. Mas, atenção, administrador Não executivo, que é para não ter responsabilidades caso as coisas corram mal. Com os milhares que recebo como administrador não executivo, vou pagando em suaves prestações o empréstimo bancário. Que tal? É um bom projecto, não é?

Os cabrões recusaram. Para os convencer ainda lhes disse que este projecto já foi testado com sucesso. Dei-lhes o exemplo do Américo Amorim que fez exactamente a mesma coisa: comprou acções da Galp e nomeou a filha como administradora não executiva. E agora está a recuperar o dinheiro. Nem assim aceitaram a minha proposta.

Como é que uma pessoa pode ser empreendedora se não acreditam nos nossos projectos.

Preencha o vazio:

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: