Skip to content

E pronto, lá respondi ao inquérito.

Maio 29, 2011

A Marta desafiou-me para responder a este inquérito, eis o resultado:

1 – Existe um livro que lerias e relerias várias vezes?
– Uma vez perguntaram ao prof. Eduardo Lourenço que livros andava a ler. Ele respondeu que já não lia, apenas relia. Eu ainda estou na fase de ler, mas, se chegar à idade dele, tenho a certeza de que também não vou ler, só vou reler. E já tenho vários na lista.

2 – Existe algum livro que começaste a ler, paraste, recomeçaste, tentaste e tentaste e nunca conseguiste ler até ao fim?
– O Tempo é demasiado curto para isso, quando avanço para um livro sou como o Cavaco, nunca me engano e raramente tenho dúvidas. Espera aí, eu citei o Cavaco no meu blogue?!? É o fim, adeus mundo cruel… Mas caso aconteça a alguém o que diz a pergunta: “paraste, recomeçaste, tentaste e tentaste e nunca conseguiste”, recomendo Viagra, parece que faz efeito. É o que dizem.

3 – Se escolhesses um livro para ler para o resto da tua vida, qual seria ele?
– Isso seria o mesmo que pedir à Imelda Marcos para escolher um par de sapatos para usar o resto da vida. Ou pedir ao Zezé Camarinha para escolher só uma inglesa para …. bem, próxima pergunta.
Talvez a Bíblia.

4 – Que livro gostarias de ter lido mas que, por algum motivo, nunca leste?
– Existem muitos, claro. Mas ainda vou a tempo, grão a grão… Pensando melhor, há um: é do John Fante. Ainda não li, porque só vai ser publicado no final do ano. Vale como resposta, não vale?

5- Que livro leste cuja ‘cena final’ jamais conseguiste esquecer?
– Esta é fácil de responder, há um inesquecível é o… esperem aí, está a tocar o telemóvel. Tou?… Então, tudo bem?… O que estou a fazer? Estou a responder a um inquérito, e tu?… [10 minutos depois] … Qual era a pergunta? Ah, o livro é o … merda, agora esqueci-me.
[24 horas depois]
Já me lembro, ainda vou a tempo de responder? É a cena final de “O Vermelho e o Negro”. É inesquecível.

6- Tinhas o hábito de ler quando eras criança? Se lias, qual era o tipo de leitura?
– Ou seja, a pergunta é “quando eras criança qual era o tipo de leitura?”, humm… esta pergunta tem rasteira, não tem? Juro que ainda não lia o Sade, nem Masoch, Hegel, nem o Kant, nem… Ah, já percebi. Bem, nesse aspecto tive sorte, porque tinha muitos livros em casa e vivia pertíssimo de uma biblioteca Gulbenkian, por isso, inicialmente, li aqueles livros com letras muito grandes e bonecos todos tortos, depois li toda a BD que me apareceu pela frente (Disney, Marvel, os franco-belgas, etc.). Quando decidi deixar de ler tanta BD, fui procurar noutras estantes os livros que achava que me interessavam. Foi quando ouvi pela primeira vez isto da boca da funcionária da biblioteca: “Que estás aí a fazer? Esses livros não são para a tua idade.”  Então, tomei a seguinte decisão: não sei que livros são aqueles, mas são os que quero ler. Depois li alguns policiais da Agatha Christie e do Conan Doyle, biografias e também li muitas páginas da enciclopédia que tinha em casa. Era excelente, porque tinha resumos da História dos vários países, pequenas biografias de personagens históricas, etc, e era muito bom para ganhar aqueles jogos de cultura geral e brilhar entre os colegas da rua e da escola. Mais tarde, lembro-me de ter lido o “Peter Pan”, algumas poemas da Florbela Espanca, vários do Jules Vernes, “O amor de perdição”, “O homem que vendeu a própria sombra” (na altura sabia lá quem era o Adelbert von Chamisso), a Mary Shelley (“Frankenstein”), o Stevenson (“Dr. Jekill e Mr. Hyde”, mas só muito mais tarde é que li “A ilha do tesouro”) e mais uns quantos, mas agora não me apetece continuar a fazer psicanálise.

7. Qual o livro que achaste chato mas ainda assim leste até ao fim? Porquê?
– Foram vários no período escolar. Li até ao fim, porque caso contrário chumbava, né? E a grande maioria reli-os mais tarde e adorei. Nesse aspecto, o método de ensino do Português nas escolas era mauzinho. Aos 14 e 15 anos dissecar até à sílaba “Os Lusíadas” não é muito apaixonante. No entanto, foi por esta altura que li um dos livros da minha vida, “Os Maias”. Olha, aqui está um livro que quero reler. E também gostei de ler o “Frei Luís de Sousa” e o Autos do Gil Vicente e … olha, afinal até gostei de vários. Posso responder outra vez?

8. Indica alguns dos teus livros preferidos.
– Alguns já respondi aqui, mas aproveito a boleia e indico mais uns quantos:
John Fante (deste autor todos e no dia em que publicarem a lista de compras da mercearia, também vou ler)
“Cândido ou o optimismo”, Voltaire
“O Estrangeiro”, Camus
“Os Maias”, Eça de Queirós
Graham Greene (todos, com destaque para “Brighton Rock”e “The end of the affair”)
Cossery (juntamente com o Fante, a minha descoberta do ano passado)
“Era bom que trocássemos umas ideias sobre o assunto”, Mário de Carvalho
“O que diz Molero”, Dinis Machado
Bukowski
“A cartuxa de Parma”, Stendhal

9. Que livro estás a ler neste momento?
– “Winesburg, Ohio”, Sherwood Anderson e “Histórias para uma noite de calmaria”, Tonino Guerra.

10.  Indica dez amigos para o Meme Literário:
E passo o inquérito a todos os que lerem estas respostas. Avisem para que possa dar seguimento ao mesmo. Não se esqueçam de preencher o impresso n.º 3, modelo B4-8437 em duplicado.

Anúncios
15 comentários leave one →
  1. Maio 29, 2011 18:02

    gostei muito de ler :))) obrigada!

    Gostar

    • Maio 29, 2011 22:09

      Marta, diverti-me bastante a responder 😉
      Obrigado pelo convite.

      Gostar

  2. Bípede Falante permalink
    Maio 29, 2011 18:55

    Qual é o título do Fante que está para sair até o final do ano???????

    Gostar

    • Maio 29, 2011 22:14

      Helena, é o “The Road to Los Angeles”. Julgo que já está editado no Brasil.

      Gostar

  3. Maio 29, 2011 23:09

    eu tb me diverti a ler!

    …e do Fante adorei o Pergunta ao Pó e A primavera há-de chegar, Bandini…

    Gostar

  4. Maio 29, 2011 23:26

    Gostei de ler as respostas, Marco; e, entre outros, temos o Graham Greene em comum — melhor do que «The end of the affair», só «The Heart of the Matter».

    Gostar

Trackbacks

  1. A Menina Limão respondeu ao inquérito!! « No vazio da Onda
  2. As respostas do Fallorca e da Ana C. Leonardo « No Vazio da Onda
  3. As respostas da Saturnine « No Vazio da Onda
  4. Conta-gotas | No Vazio da Onda

Preencha o vazio:

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: