Skip to content

“A neve caindo sobre os cedros”

Dezembro 29, 2009

«O réu, Kabuo Miyamoto, estava sentado de costas direitas, com muita dignidade. A sua postura, de uma elegante rigidez, com as palmas das mãos pousadas delicadamente sobre a mesa do arguido, era a de um homem que se distanciou tanto quanto possível do seu próprio julgamento. Alguns dos que assistiram diriam mais tarde que tal imobilidade significava um desprezo pelos trâmites legais; outros tinham a certeza de que escondia o medo do veredicto que seria anunciado. Fosse o que fosse, Kabuo não revelava nada – não pestanejava sequer. Vestia uma camisa branca abotoada até cima e calças cinzentas sem um vinco. O corpo, sobretudo a julgar pelos ombros e o pescoço, transmitia a impressão de uma invencível força física e de uma atitude decidida, imperiosa mesmo. As suas feições eram angulosas e suaves, tinha o cabelo rapado rente à nuca, evidenciando-lhe a estrutura óssea. Perante a acusação que lhe fora imputada, sentava-se com os olhos negros obstinadamente fixos e não parecia nada alterado.
Não havia um lugar vago na galeria da assistência; ainda assim, o ambiente da sala não tinha nada da atmosfera carnavalesca que às vezes se faz sentir nos julgamentos de homicídios na província.»

A neve caindo sobre os cedros [Snow falling on cedars], David Guterson (Tradução de Margarida Vale de Gato, Ed. Relógio D’Água)

Anúncios

Preencha o vazio:

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: