Saltar para o conteúdo

“Utopia”

Agosto 10, 2009

«O invencível e triunfante rei da Inglaterra, Henrique VIII de seu nome, príncipe de virtudes incomparáveis, teve, não há muito tempo, uma disputa com o príncipe Carlos, poderoso rei de Castela, sobre assuntos de peso e importância. Sua majestade enviou-me então à Flandres, com a missão de, como embaixador, tratar e resolver essa disputa. Acompanhava-me nessa missão Cuthbert Tunstall, homem de grandes qualidades, a quem o rei, não há muito, confiara, com o agrado geral, o cargo de guarda-mor dos arquivos reais. Não me ocuparei neste livro do seu elogio, não por recear que pouco crédito dêem ao testamento de um amigo, mas por a sua virtude e saber estarem acima do meu louvor e a sua fama tão espalhada que desnecessário se torna o meu elogio, pois receio parecer querer ofuscar a luz do sol com a chama de uma candeia.
(…)
Utopia, Thomas More (Tradução de Maria Isabel Gonçalves Tomás, Ed. Europa-América)

Preencha o vazio:

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: